Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2017

Expectativa Zero

Imagem

És um fracasso

Imagem
Esta é a história que devo deixar: és um fracasso.
Eu sinto-me uma falhada porque nunca tive um trabalho a sério. Eu digo isso para mim mesma. E eu digo isso porque eu defino "trabalho a sério" como algo estável, que dura por mais de alguns meses. E eu nunca tive um que durou mais de três.
Mas eu nem gosto de "trabalhos a sério" nem me vejo a trabalhar das 9 às 5.
Eu me sinto como uma falhada porque sinto que não posso dizer: sou x. Embora eu possa: eu sou uma poetisa. Eu sou uma escritora, eu sou mãe.
Mas parece que estou a mentir. Posso me considerar uma escritora se eu não tiver publicado nenhum livro? Ou se não pagar contas? Escrever deveria ser suficiente para me chamar de escritora.
Eu sou uma escritora, eu sou suficiente. E eu sou bem sucedida.
Agora, como posso deixar esta história? Como posso me sentir bem sucedida? Como posso dizer que sou uma escritora com confiança e certeza?
O meu coração está a palpitar e eu sinto-me triste. Esta história…

Expõe-te

Expõe-te. Expõe-te. Expõe-te. É só o que te posso dizer. Posso e tenho de te chamar a atenção para que te exponhas, para que mostres ao que vens, para que ponhas o coração em cima da mesa, e que o faças de alma aberta. Quem não entender, não entendeu. Mas não é por isso que vais deixar de ser quem és e de mostrar isso ao mundo.
O mundo só existe para que tu te exponhas sem teres medo de ser rejeitado. Sem teres medo de ser ridicularizado. Quantas coisas deixas de fazer com medo de te expores? Quantas experiências não viveste com medo de errar? O medo de errar faz com que a pessoa não se exponha. E quanto menos ela se expõe, mais se vai afundando num poço de conformismo e mesmice.
Vai chegar um dia em que, de tanto se esconder, dos outros e de si própria, acorda e já nem sabe quem é. Não sabe quem foi. E não tem ideia do que virá a ser. A vida é feita de experiências. Sempre que rejeitares alguma com medo de te expores, com medo de errares e seres julgado por isso, a ca…