Devagar

Eu estou aqui. Na realidade, eu estou sempre aqui. Tu só tens de te preparar para me receber. Só tens de te preparar para receber a minha energia. Devagar.

E para receberes a minha energia devagar, tu próprio tens de estar assim… devagar. Para que as tuas células se abram para me receber. Para que elas, ao se abrirem, soltem todo o peso que possuem. Toda a negatividade. E eu irei absorver essa negatividade, e trocar os pólos.

Onde estava o escuro, agora está a luz. Onde estava o som, agora está o nada. O vazio. E é nesse vazio que a alma se vai manifestar. E nessa manifestação estarei eu, em toda a minha magnitude. Em toda a minha plenitude.

Porque é em cada célula que eu mais existo pleno, e é o somatório das células que faz de mim o que sou hoje. Plena energia. E é nesse lugar da terra, ao vibrar tão alto, que te aproximas do céu e vens dar a mim.

Alexandra Solnado

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Actividade do chakra coronário

Arolo

Curso Feminidad Consciente - 1º