Quero Falar

Quero continuar a falar contigo, como sempre fiz. Sempre expressei as minhas opiniões, sempre comuniquei. Mas comunico de outra maneira. Não é por palavras. É por percepções. Eu sei que é difícil, que não estás acostumado. Estás acostumado a ver, ouvir, tocar, falar, ler, mas percepcionar… isso deve mesmo ser estranho para ti.

Faz uma coisa. Fecha os olhos. Respira. Pensa na respiração. Só. Permanece assim durante algum tempo. Depois pede. Pede para te ser retirado o ego. Hás-de sentir uma coisa enorme a sair. Depois pede para te ser retirada a resistência. Verás outra coisa grande a sair – aviso-te que tanto o ego como a resistência saem, mas apenas temporariamente.

Deixa uma luz entrar pela cabeça. Deixa-a percorrer todo o corpo. E depois pensa em mim. Sente-me. Percepciona-me. Eu estarei na tua maior paz. Estarei na maior luz que sentires entrar. Estarei na distância da vida quotidiana, na imensa distância que separa esse momento sensitivo que estás a vivenciar agora e a vida normal da matéria. E quanto maior a distância, maior a minha presença.

E um dia, quando tiveres feito este exercício muitas vezes, vais saber de mim. Eu estarei aí e irei fazer-me sentir. Cá te espero. 

Alexandra Solnado

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Arolo

Actividade do chakra coronário

Curso Feminidad Consciente - 1º